Quem somos    |    Nossa solução    |    Blog

Três garotos uniformizados na escola andando entre duas mesas de ping-pong, para representar como decisões estratégicas dos gestores podem fazer os alunos mais felizes

Conheça alguns diferenciais e estratégias que podem contribuir para o crescimento da sua instituição de ensino

Os gestores escolares devem sempre pensar em formas de melhorar sua instituição. Tanto os colégios grandes quanto os pequenos podem pensar em ações e aprimoramentos para colocar em prática nos seus ambientes. Nesse contexto, dois fatores importantes para se levar em consideração são a receita financeira e a qualidade do ensino.

Pensando nisso, trouxemos algumas decisões estratégicas importantes para fazer sua escola crescer. Confira:

Captação de matrículas

Todo ano, é preciso fazer campanhas para matrículas e rematrículas dos alunos, a fim de alcançar novos clientes e manter os já conquistados. Existem algumas estratégias para isso: diminuição da burocracia, acompanhamento regular e a apresentação de diferenciais interessantes são alguns deles.

Pesquisas de felicidade

Escute os clientes! As pesquisas de felicidade nas escolas podem ser aplicadas tanto aos alunos quanto aos responsáveis, e são muito úteis para descobrir eventuais problemas e sugestões de melhoria. Isso pode evitar a saída de alunos de um ano para o outro e engajar os familiares nas atividades letivas.

Atendimento acolhedor

As famílias querem que a escola esteja próxima aos seus interesses e valores, com uma comunicação periódica e atenciosa. Afinal, aquele é o local em que os responsáveis deixam seus filhos durante boa parte da vida deles e, por isso, precisam de bastante confiança e segurança nos profissionais para mantê-los na mesma instituição.

Capacitação de profissionais

Uma instituição de ensino não é nada sem professores de qualidade. Por isso, eles devem ser capacitados com base em uma metodologia que funcione e garanta a disseminação de conhecimento. Devem existir etapas de aprimoramento dos profissionais antes, durante e depois de cada ciclo letivo, para manter e melhorar a qualidade pedagógica.

Boa coordenação pedagógica

Outro fator de grande importância é a figura do coordenador pedagógico. Ele é responsável por múltiplas funções — problemas relacionados ao aluno, seu ambiente familiar, suas condições de saúde, a convivência com os colegas e o histórico escolar são apenas alguns exemplos, fora as questões ligadas aos docentes. Por isso, sua capacitação profissional também não pode ser esquecida.

Formação de alunos bilíngues

O ticket médio de escolas que formam alunos bilíngues costuma ser 40% maior do que aquelas que não formam. Ou seja, investir em um programa de ensino de inglês com esse objetivo aumenta a receita da instituição e permite aprimoramentos em outras áreas.

Além disso, a implementação desse sistema promove uma qualidade pedagógica diferenciada e prepara os estudantes para o mundo globalizado atual. Assim, esse investimento é um movimento estratégico e embasado para o crescimento da sua escola.