Quem somos    |    Nossa solução    |    Blog

Estudantes de aproximadamente 8 anos brincando com planetas de papelão com a supervisão de uma professora, para demonstrar a gamificação em sala de aula

A inclusão de elementos de jogos incentiva o aprendizado e aproxima o novo idioma do dia a dia dos estudantes 

Você conhece a expressão “gamificação”? Trata-se da aplicação de elementos do universo dos games em diferentes contextos, com o objetivo de motivar e engajar o usuário em uma determinada tarefa ou propósito. O termo se popularizou muito nos últimos anos, principalmente quando se fala em educação. Há cada vez mais pesquisas sobre como o uso de elementos de jogos em atividades didáticas pode impulsionar o engajamento dos estudantes, favorecendo o processo de ensino e aprendizagem. 

E quando falamos sobre aprender inglês, é sempre importante trazer a língua para o contexto do aluno, e a gamificação auxilia também nessa dinâmica. Ela favorece a realização de atividades significativas e lúdicas e incentiva o protagonismo do estudante na resolução de problemas, sem perder a intencionalidade pedagógica — o professor trabalhar o conteúdo necessário. 

Motivação para aprender 

Um estudo publicado em 2020, no International Journal of Human-Computer Studies, mostra que os alunos que tiveram um ensino com uso da gamificação aumentaram seu desempenho em até 89,45% em comparação com aqueles que receberam apenas aulas expositivas. Os recursos gamificados estimulam a participação e, consequentemente, o entendimento do tema apresentado para se manter na atividade. 

Outra vantagem é as crianças lidarem com emoções em relação a seus progressos e desafios nas tarefas, desenvolvendo habilidades socioemocionais como persistência e resiliência, além do cumprimento de regras pré-estabelecidas e, nas propostas em grupo, a cooperação com outros colegas. 

A gamificação também serve para que os professores compreendam o nível de aprendizado e absorção dos conteúdos pelos alunos, servindo como avaliação e dando visibilidade às dificuldades que devem ser trabalhadas.  

Tudo isso traz o idioma para o contexto de vida da criança, mostrando-o como algo que possui uma aplicação prática – o que muitas vezes não fica claro quando se estuda apenas pelo método tradicional. Assim, a gamificação se mostra como um recurso pedagógico eficaz, além de uma abordagem divertida e atraente.